Review da Semana – Sportster 48

Semana passada o rolé foi de 48!!! Prontos? Vamos lá!!!

A Sportster Forty-Eight (ou 48) tem esse nome por conta do tanque de combustível estilo Peanut que foi usado pela HD pela primeira vez em 1948. O tanque é pequeno e estreito, em contrate com o pneu largo na frente deixa a moto com um visual bem bacana.

Só que por outro lado o tanque estiloso também é na minha opinião um ponto negativo para a moto. Ele tem a capacidade de 7,9 litros resultando em uma autonomia de pouco mais de 100 km. Para viagens é bom se planejar bem, pois vão ser necessárias várias paradas para abastecimento. Para referência e comparação o tanque da Iron é de 12,5 litros e de uma Dyna 17,8.

Por outro lado o motor da 48 é de 1200 cilindradas, ou seja, bem mais forte que uma Iron (883 cilindradas).

A 48 também já vem com comandos avançados como item de série, o que é muito bom para o conforto na estrada. Isso é um ponto positivo, pois muitas pessoas acabam trocando pedais centrais justamente com esse objetivo. No meu caso achei a posição do filtro de ar com as pedaleiras avanças um pouco desconfortáveis pois o filtro ficou encostando no meu joelho como podem ver na foto acima.

A 48 também é bem baixa, o que ajuda bem na pilotagem da moto, mas é preciso tomar cuidado ao passar em quebra-molas, pois o quadro passa raspando.

O guidão é baixo e estreito, o que garante uma boa agilidade na cidade entre os carros. Para a minha altura eu provavelmente teria que trocá-lo, pois fiquei um pouco curvado (o que me rendeu dores nas costas no fim do dia). Os espelhos retrovisores já vem para baixo, é um pouco estranho no início, mas em pouco tempo se acostuma.

A questão do conforto é bem relativa, conheço pessoas que tem a 48 e a acham bem confortável, mas para a minha altura eu realmente teria que trocar o guidão e o filtro de ar para melhorar o conforto.

Como toda Sportster é uma moto bem ágil e gostosa de pilotar na cidade. Para longas viagens é bom lembrar do tamanho do tanque, pois vai ser necessário parar em distâncias mais curtas. Como não podia faltar algumas fotos com mais detalhes da moto!

Novamente gostaria de agradecer ao meu amigo Bruno por me acompanhar no ride e me ajudar com as fotos e a BH Harley-Davidson pela oportunidade de pilotar mais uma das motos!

Curtiu a moto? É só ligar e marcar o seu test ride!!!

Para a ficha técnica da 48 é só acessar o site da Harley.

3 thoughts on “Review da Semana – Sportster 48

Deixe uma resposta